Institucional Consultoria Eletrônica

O Assunto É... Comunicação


Publicada em 13/05/2018 às 09:00h 

Em sua opinião qual o maior problema de 100% das empresas brasileiras, sejam multinacionais, grande corporações ou pequenas e médias empresas? 


Se você pensou no título acima, acertou na mosca! 

Só para começar o papo, estima-se que cerca de 60% dos problemas internos de uma empresa são decorrentes da má comunicação. E a comunicação é fator primordial para que pessoas e equipes estejam motivadas. 


Você não precisa ser um expert no tema, mas pode evitar pequenos atos que irão gerar menor credibilidade e respeito junto às pessoas com quem você convive.

 
Veja abaixo os erros mais comuns quando o assunto é comunicação. 


* Falar, falar, falar e não dizer nada. É quando discursamos, contamos tudo nos mínimos detalhes, mas, no fundo, ninguém entende nada (ou muito pouco) do que foi dito. 


Depois de um certo tempo a informação entra por um lado e sai pelo outro, sem nenhum resultado positivo. 

* Falar uma coisa e o corpo dizer outra. Nossos gestos e expressões estão a nos denunciar o tempo todo. Nosso corpo constantemente se comunica com o mundo e, nos dias de hoje, na busca pela excelência profissional, é preciso aprender a dominá-lo. É meu amigo o corpo fala, e muito! 


* Impor o seu pensamento. Os tempos modernos são de participação e busca pela melhor equipe. Por isso, cuidado com seguidas insistências para que todos só ouçam ou aceitem o seu ponto de vista. Caso esta postura não seja mudada as pessoas irão desistir de apresentar novas idéias. 


* Falta de empatia. Empatia é colocar-se psicologicamente e emocionalmente no lugar do outro. Sempre procure colocar-se no lugar de seus clientes, colaboradores, fornecedores e comunidade e analisar com sensibilidade as demais opiniões. Com certeza, você encontrará grandes oportunidades. 


* Não olhar para quem está falando. Essa é de matar e, pior super desmotivante. Procure olhar e prestrar atenção ao seu interlocutor. É incrível a quantidade de pessoas que hoje falam no celular, escrevem e-mail e falam com outras pessoas na sala tudo ao mesmo tempo e depois ficam tentando descobrir o porque de estarem stressadas. Olhar para quem está falando trata-se de uma questão de respeito. Faça com a pessoa sinta-se ouvida.

 
* Não aguardar a resposta. Essa é outra campeã. Atropelar os pensamentos alheios e demonstrar alto grau de ansiedade nunca fez bem a ninguém, gera constrangimentos e conflitos desnecessários que poderiam ser facilmente evitados. Evite conclusões precipitadas, espere o término do pensamento de seu interlocutor e aí sim exponha sua opinião e sentimento. 


* Não saber ouvir. Esta é uma dica simples e pouco utilizada. Saber ouvir e como ouvir é uma grande técnica de motivação. Só existe uma técnica melhor do que esta: ouvir com paciência e amor. Pense bem: temos dois ouvidos e uma só boca para quê? 


* Não pensar antes de responder. Normalmente, esta é a causa de grandes gafes e a responsável mais comum por desentendimentos interpessoais. Aprenda a "digerir" as palavras e pensamentos antes de falar ou escrever algo do qual possa vir a se arrepender futuramente.

 
A má comunicação também gera uma série de equívocos e mal entendidos. Quantos de nós já não passou por situações embaraçosas por falhas de pequenos recados ou textos mal interpretados? 
Já que o assunto é comunicação que tal uma pequena história que bem ilustra os pontos acima citados, só que totalmente ao contrário...

 
Veja abaixo o festival de recados e informações mal entendidas. 


O Halley 


De : Diretor Industrial 


Para : Gerente de Divisão 


Na próxima sexta-feira, aproximadamente às 17:00 hs, o cometa Halley estará visível nesta área. Trata-se de um evento que ocorre somente a cada 76 anos. Assim, por favor, reúna os funcionários no pátio da fábrica, todos usando capacetes de segurança e eu explicarei o fenômeno a eles. Se estiver chovendo, não poderemos ver nada. Nesse caso, reúna os funcionários no refeitório e mostrarei a eles um filme científico sobre o cometa. 



De : Gerente de Divisão

 
Para : Gerente de Produção

 

Por ordem do Diretor Industrial, na sexta-feira, às 17:00 hs, o cometa Halley, vai aparecer sobre a fábrica. Se chover, por favor, reúna os funcionários, todos usando capacetes de segurança, e os encaminhe ao refeitório, onde o raro fenômeno terá lugar, o que acontece a cada 76 anos. 


De : Gerente de Produção

 
Para : Chefe de Produção 


A convite do Dir. Industrial, o cientista Halley, de 76 anos, vai aparecer no refeitório da fábrica, usando capacete, para fazer uma demonstração sobe fenômenos celestes. Se chover, o Diretor Industrial, dará outra ordem, o que ocorre a cada 76 anos. 


De : Chefe de Produção

 
Para : Mestres 


Na sexta-feira, às 17:00 hs, o Diretor Industrial, pela primeira vez, em 76 anos, vai aparecer no refeitório da fábrica com o Sr. Halley. Todo mundo deve estar lá, pois vai ser apresentado o problema de chuva na segurança. Se chover, o Diretor Industrial levará a demonstração para o pátio da fábrica.


De : Mestres 


Para : Funcionários 


Todo mundo deve estar vestido com segurança no pátio da fábrica na próxima sexta-feira, às 17:00 hs. O Diretor Industrial e o Sr. Halley, cientista famoso, estarão lá para falar sobre os fenômenos da chuva. Caso comece a chover mesmo, é para ir ao refeitório na mesma hora. O exercício será lá, o que acontece a cada 76 anos. 


Comentários que surgiram entre os funcionários 


Na sexta-feira, o chefão da Diretoria Industrial vai fazer 76 anos e convidou todo mundo para uma festa, às 17:00 hs, no refeitório. Vão estar lá, convidado pelo chefão, Bill Halley e Seus Cometas. Todo mundo deve estar de capacete, porque a banda é muito louca e o rock vai rolar solto.

Por Paulo Araújo






Sobre o(a) colunista:



Paulo Araújo é especialista em Inteligência em Vendas e Motivação de Talentos. Diretor da Clientar – Projetos de Inteligência em Vendas. Autor de "Paixão por Vender" - Editora EKO, entre outros livros.



Veja as matérias na seção 'Artigos'.
Telefone (51) 3349-5050
Vai para o topo da página Telefone: (51) 3349-5050